quinta-feira, 21 de março de 2013

Dia Mundial da POESIA

O DIA MUNDIAL DA POESIA CELEBRA-SE A 21 DE MARÇO E FOI CRIADO NA XXX CONFERÊNCIA GERAL DA UNESCO A 16 DE NOVEMBRO DE 1999.
O PROPÓSITO DESTE DIA É PROMOVER A LEITURA, ESCRITA, PUBLICAÇÃO E ENSINO DA POESIA ATRAVÉS DO MUNDO.
Em Arouca, temos duas atividades: "Frequência com poesia" e "Estendal Poético".
"Frequência com poesia" e "Estendal Poético" são atividades conjuntas da Biblioteca Municipal de Arouca e das Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos de Escolas de Arouca e de Escariz.
Estendal Poético
Apresentação dos 10 poemas selecionados para a atividade "Frequência com Poesia", em forma de "estendal", impressos em t-shirts coloridas, em espaço na Escola sede do Agrupamento.
estendal1  estendal2

"Frequência com poesia" consiste na produção poética e respetiva emissão radiofónica de 10 poemas de autores locais, da comunidade escolar do concelho de Arouca, de hora a hora, das 9h às 20h00, na Rádio Regional de Arouca.
Alinhamento 21 de março – Rádio Regional de Arouca
9 h- poema 9h
(O Amor, Andreia Campos,9.ºB, Voz:Diana Moreira,9.ºB, Escola Básica e Secundária de Escariz) Ouvir
11 h- poema 11h
(O Mar, texto da turma CAN 01| EB1 de Canelas | Voz: Lúcia Gonçalves, turma 10.º C | ESA)
12 h- poema 12h
(As árvores, Texto:Lícia Filipa Almeida,4.ºano, Voz:Maria Inês Araújo,4.ºano, Escola Básica Serra da Vila) Ouvir
13 h- poema 13h
(O Oceano, texto da turma CAN 03 e Voz de Marcelo | EB1 de Canelas)
15 h- poema 15h
(Cortam-nos as asas, Texto: Silvana Silva,10.ºano, Voz: Pedro Almeida, 9.ºA Escola Básica e Secundária de Escariz) Ouvir
17 h- poema 17h
(O Universo, texto e voz de Teresa Silvestre | EB2,3 de Arouca)
19 h- poema 19h
(Sentidos, Texto: Ana Margarida Moreira, Voz: Maria José Gomes, Agrupamento Escolas Escariz) Ouvir
20 h- poema 20h
(O Mar, texto de Inês Rocha, 9ºF e Voz de Emanuel Tavares, 9ºD | ESA)
21 h- poema 21h
(Estou quase só, texto de Florência Barbosa, assistente operacional e Voz de Isaura Ventura, professora | ESA)
22 h- poema 22h
(Aqui e Agora, texto de Dilma Quaresma, professora e Voz de Ricardo Pereira, professor | ESA)
Fonte: BiblioESA

Sem comentários:

Enviar um comentário